|

PRODUÇÃO DE LOUÇA SANITÁRIA: TRADIÇÃO E INOVAÇÃO

Os ingredientes básicos para a produção de cerâmicas têm sido sempre matérias-primas naturais: a caulinite, o grés, o feldspato e a areia de quartzo estão na base de produção destes materiais extremamente resistentes e duradouros. Os componentes individuais deste material maleável são combinados, homogeneizados e limpos como parte de um processo único e bastante prolongado nas instalações da LAUFEN. A mistura resultante, ou seja, o material poroso inicial originado durante a fabricação de cerâmicas, é escoado para formas ou moldes de plástico pré-preparados através de um processo de escoamento especial desenvolvido pela LAUFEN.


A maleabilidade e a capacidade de escoamento do material permite a criação de uma grande variedade de produtos sanitários, mas não deixa de ser um desafio em termos de fabricação, especialmente na produção de objetos com formas complexas. Posteriormente, a peças recebem o verniz e são cozidos num forno a temperaturas que chegam aos 1240°C. Estas temperaturas extremas asseguram a dureza e a durabilidade dos produtos LAUFEN de elevada qualidade.


Devido à sua superfície suave e fácil de limpar, a cerâmica cumpre os mais elevados padrões de higiene: os ácidos químicos, agentes de limpeza fortes ou componentes clorídricos pouco afetam o material. Pela sua resistência à luz, versatilidade e aparência agradável, a cerâmica é o material mais popular para a fabricação de louças sanitárias de elevada qualidade.

 

Vademecum
Abrir publicação na web

|